Motorista envolvido em investigação por roubo à Kim Kardashian é liberado

Motorista envolvido em investigação por roubo à Kim Kardashian é liberado


A polícia francesa, que investiga o roubo a mão armada à Kim Kardashian que ocorreu no mês de outubro em Paris, liberou nesta quarta-feira (11) o motorista parisiense da famosa estrela de reality show, segundo fonte judicial.

Após uma série de detenções realizadas no início da semana, três pessoas, entre elas o motorista parisiense contratado por Kardashian, foram liberados nesta quarta, enquanto outras 14 permanecem sob custódia, informou uma fonte à AFP.

Entre os suspeitos que seguem detidos, a polícia presume que cinco participaram diretamente do roubo à luxuosa residência, localizada no centro da capital francesa e na qual a americana se hospedava.

A polícia conseguiu identificá-los por meio de rastros de DNA deixados no local do crime, de acordo com uma fonte policial.

Na madrugada de 3 de outubro um grupo de homens armados e mascarados entrou na residência onde a estrela, de 36 anos, se hospedava para assistir à semana de moda de Paris.

A rainha das redes sociais teve suas mãos atadas, foi amordaçada e aprisionada no banheiro do local sob ameaça de uma arma.

Os ladrões levaram um anel de valor estimado em 4,4 milhões de dólares e um cofre com joias de aproximadamente 5,5 milhões de dólares.

Trata-se do maior roubo de joias cometido na França contra uma pessoa particular nos últimos 20 anos.

Partilhe nas Redes


[Fonte da Notícia]




Notícias semelhantes




Comentar esta Notícia